Workshop virtual discute mudanças no PPP da escola

Escola Franciscana Imaculada Conceição
Workshop virtual discute mudanças no PPP da escola
Grupo de professores da EIC foi elogiado pelo palestrante pelo comprometimento

Os professores do Ensino Fundamental e do Ensino Médio participaram, no último dia 28 de novembro, de uma manhã de estudos e trabalhos com assessor pedagógico da Rede Scalifra-ZN, Douglas Dantas, a fim de discutirem o processo de reformulação do Projeto Político Pedagógico (PPP) da Escola Franciscana Imaculada Conceição (EIC). O encontro, por meio da plataforma Google MEET e coordenado pelo Serviço de Orientação Pedagógica (SOP), contou, ainda, com a participação da direção da escola e trata-se de uma ação em rede. Isso porque, de acordo com os estudos da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), faz-se necessário o alinhamento dos PPPs frente à nova realidade do ensino.

Como parte desse processo, os professores foram convidados a, primeiramente, responderem uma pesquisa como coleta de dados para o desenvolvimento do trabalho. Em seguida, Douglas Dantas abriu o workshop (Projeto Político Pedagógico para o desenvolvimento de competências e habilidades: planejamento, metodologia e avaliação) partindo da sensibilização para a mudança, refletindo sobre o momento que a sociedade se encontra e a necessidade de transformação na maneira como os estudantes aprendem e se desenvolvem. E, depois, foi discutida a definição de competência, pois é nela que está o grande impacto nas escolas. “Precisamos trazer essa definição para a prática escolar e entender que o ensino de conteúdos continuará, mas olhando para a formação integral de nossos estudantes, estaremos desenvolvendo também conhecimentos procedimentais, habilidades cognitivas, socioemocionais, atitudes, princípios e valores”, disse ele.

Na análise da supervisora pedagógica Eliane Maria Amaro, “a reformulação do PPP define a identidade da escola e indica os caminhos do ensino com qualidade e excelência. Assim, a participação dos professores torna-se a grande tônica do sucesso do trabalho a ser empreendido. Os processos de planejamento, metodologia e avaliação precisam ser constantemente revisitados e ressignificados, ainda mais em tempos em que o ensino híbrido começa a se fortalecer na educação básica”.

Essa participação ativa dos professores também foi destacada pelo palestrante. Ele considera que é um grande desafio implantar as mudanças, sem perder a essência da escola e que as formações dos professores precisam de diálogo, práticas, momentos de escuta e também de reflexões, uma vez que toda a comunidade escolar precisa participar deste momento de reformulação do PPP. Segundo Dantas, “trata-se de um documento vivo e que precisa ser apropriado pela comunidade para que seja praticado”.

O especialista ainda elogiou a equipe da EIC. “Durante a formação senti os professores com muita vontade de realizar as transformações com vistas para a prática dos princípios e valores franciscanos. Fico feliz ao ver uma equipe reflexiva e que se compromete com a educação e com as aprendizagens dos estudantes. Parabenizo a escola por oportunizar as reflexões e possibilitar que a comunidade escolar participe das reflexões sobre a implantação das leis vigentes em nosso país, pois só assim teremos uma comunidade apropriada dessa identidade para que assim possam colocar em prática nas ações do dia a dia, tendo como principal foco a formação integral dos estudantes, possibilitando o protagonismo na construção das aprendizagens dentro e fora da sala de aula”, considerou ele.

 

 

Notícias