Projeto estimula atitudes de respeito no ambiente escolar

ESCOLA FRANCISCANA IMACULADA CONCEIÃÃO
Projeto estimula atitudes de respeito no ambiente escolar
Técnicas e cooperação e interação proporcionaram novas visôes da relação interpessoal

A reunião de profissionais da escola, com o objetivo de proporcionar às turmas dos anos finais do Ensino Fundamental vivência do valor respeito, resultou no projeto “Somos iguais na diferença e é isso que nos torna humanos e maravilhosos”. Em duas rodadas de atividades, ocorridas em outubro e novembro, nas dependências da escola, todas as turmas de 6º a 9º anos participaram de dinâmicas diferenciadas. A supervisora pedagógica, Eliane Amaro; a coordenadora Karina Augusto; o orientador educacional, Fábio Bettoni; a neuropsicopedagoga Lindinalva S. Souza e a psicóloga Maristela Canisso envolveram-se no projeto conjunto.

O foco das atividades foi a conscientização sobre o respeito dentro e fora da sala de aula. Foram percebidas e vivenciadas relações de igualdade, a fim de que os estudantes entendessem que não há superioridade, que todos possuem o mesmo poder. “É necessária a convivência com respeito ao próximo, com direito e igualdade ligados à tolerância, à empatia, sem discriminação, intimidação e humilhação”, pontuou a psicóloga Maristela aos alunos. Foi ressaltada a importância do estudante ter cuidado com as brincadeiras que podem levar ao   ato bullying e a necessidade de buscar compreender os sentimentos e atitudes, sempre ter consideração com a perspectiva do outro e evitar o julgamento apenas com base próprio ponto de vista.

“É importante falar sobre o assunto. Há muitas pessoas que não têm respeito com o outro, agem com ignorância. É preciso ter respeito ao próximo, não importa a classe social e geralmente respeitamos os que têm classe superior.  Esse momento, a fala sobre o respeito, vamos levar para nossa vida pessoal e profissional”, considerou a aluna Ana Clara Sureka Abilio Silva, do 9º ano A. Trazer harmonia às relações,  promover o ato de cuidar uns dos outros e do meio de convivência foi o objetivo alcançado com o projeto.

“É gratificante perceber o interesse e a participação dos estudantes, nas atividades sobre esse assunto, que envolve os valores, as virtudes do respeito. Eles exercitaram a empatia e um olhar especial ao próximo” declarou a coordenadora dos anos Finais do Ensino Fundamental, Karina.

 

 

Notícias