Preparação extra para o ENEM

Escola Franciscana Imaculada Conceição
Preparação extra para o ENEM
Tecnologia alia ensino presencial e remoto de forma híbrida

No período de 11 a 22 de janeiro, os estudantes da 3ª série do Ensino Médio da EIC estarão concentrando as energias numa maratona de revisão preparatória para o ENEM. A atividade foi oferecida gratuitamente pela escola e os inscritos participam dos estudos em sala, de forma presencial e cumprindo os protocolos de biossegurança, ou de casa, uma vez que todas as aulas são também transmitidas para o ensino remoto. Trata-se de mais uma atividade de reforço e apoio psicológico para os estudantes que viveram um final de ensino médio de maneira atípica devido à pandemia.

Depois de tantos meses estudando pela tela do computador, voltar presencialmente à escola está sendo um desafio para Giovanna Marques, que busca uma vaga no curso de medicina. “Foi muito estranho voltar para a escola, é bem difícil com o calor a questão da máscara, mas estou me adaptando, é o novo normal”, diz ela.

A estudante fez questão de assistir o preparatório de forma presencial porque considerou o ensino remoto mais difícil do que pensava que seria. “Estava acostumada com o convívio com as outras pessoas, com a troca de estudos e tive que me isolar dentro de um quarto. Por mais que tive o apoio da escola, em alguns momentos eu me vi sozinha”, justifica. Tállysson Pieretti destaca que esse período de pandemia teve aspectos negativos, mas também positivos: “Encontramos formas diferentes de estudar em relação às turmas anteriores. Cada um achou seu jeito e se encontrou nesse novo período”.

Giovanna também aponta que o ensino remoto exigiu mais força de vontade dela. “Todos os dias acordava e já tinha rotina de estudos, horário... Sei que muitas pessoas não tiveram condições de ter tudo o que eu tive de material de estudos, escola, computador. Então, todo dia era diferente e eu tinha que acordar e fazer isso valer a pena”.

O ensino remoto na escola levou Tállysson a abrir outras perspectivas em sua vida. O curso pretendido era arquitetura, mas agora, ele incluiu uma segunda opção: sistemas de informação, já que a tecnologia está ainda mais presente em seu cotidiano.

 

Notícias