Poesia é instrumento de aprendizagem no EM

Escola Franciscana Imaculada Conceição
Poesia é instrumento de aprendizagem no EM
Decoração deu o clima da festa. Carrancas têm simbologia de afastar forças negativas

Um projeto interdisciplinar realizado junto às turmas de 1ª série do Ensino Médio (EM) foi encerrado no último dia 26 de setembro de forma magistral. O Luau Poético, proposto pela professora Dinorah Belinatto e acolhido pelos colegas de diferentes áreas do conhecimento, provou que é possível romper o esquema tradicional de ensino e articular a participação ativa dos alunos, desencadeando suas habilidades e talentos, muitas vezes adormecidos pelo modelo tradicional de aulas. Os estudantes apresentaram poemas autorias em quatro categorias:  lírico, de engajamento social, científico e jogral e foram avaliados por um corpo de jurados formado por professores da EIC.

Os estudantes foram divididos, por afinidade, em quatro grupos em cada sala, passando a elaborar suas obras dentro do tipo de poema sorteado. A investigação foi um dos processos para chegar ao texto final, mas os alunos também tiveram acesso à teorização da poesia, com vistas à escola modernista, vídeos de jogral e de poetas atuais. Depois de elaborados, os poemas foram corrigidos, adaptados, refeitos parcialmente para, então, os grupos passarem para o processo de memorização e ensaios para a apresentação.

Essa é a segunda edição do projeto e a professora Dinorah percebe evolução no material produzido. “Do primeiro ano para agora houve um desenvolvimento intelectual na elaboração dos poemas. Percebi que agora a produção foi mais racional, mais bem elaborada. Além do amadurecimento no momento da feitura, houve acréscimo de muita parte artística que não houve no primeiro momento”, avaliou ela. A professora Rosângela Dambrós, de arte, que participou como jurada, também fez uma análise positiva da apresentação. “Achei os grupos com uma criatividade incrível, de uma grande doação. Eles se superaram em vários momentos da apresentação e deixaram o momento muito agradável de participar, gostoso de assistir. Achei muito legal”, disse ela.

 As fogueiras, a decoração, o fato do palco ter sido montado no gramado e de ter sido servido um ponche com sanduíche natural e frutas após o show, manteve o clima de Luau e serviu também como um momento de interação social dos alunos e professores. Grupos se revezaram mesmo após o término da apresentação dos trabalhos, cantando e tocando instrumentos. “Foi uma experiência muito boa de enriquecimento cultural. Tudo isso contribuiu também para que o momento aqui vivido entre todas as turmas fosse uma conciliação. Nos aproximamos do final de um ano de muita luta, em que nos esforçamos para alcançar metas e esses momentos mais lúdicos servem para que se humanize mais o ambiente escolar e se veja que existe vida e arte nisso tudo”, considerou a aluna Isadora Garcia Campeiro, da 1ª série A.

Na próxima sexta-feira (04/10) a coordenação deverá divulgar a classificação das turmas em cada modalidade. Haverá a entrega de diplomas de reconhecimento aos grupos que obtiveram 1º, 2º e 3º lugar em cada modalidade poética.

Notícias