Itinerário do novo ensino médio produzirá Podcasts

ESCOLA FRANCISCANA IMACULADA CONCEIÃÃO
Itinerário do novo ensino médio produzirá Podcasts
Estudants tiveram esclarecimentos técnicos para produção desse formato de conteúdo

Existem mais de 2 milhões de programas de Podcasts.  O Brasil é o 3º país que mais consome Podcast no mundo. Segundo dados do Statista e do IBOPE, mais de 40% dos brasileiros escutaram Podcast pelo menos uma vez nos últimos 12 meses. Essas e outras informações, que dimensionam a adesão dos internautas do Brasil e do mundo a essa ferramenta de comunicação, fizeram parte da pauta do encontro da assessora de imprensa da EIC, jornalista Cristine Medeiros, com os estudantes Itinerários de Ciências Humanas e Linguagens e suas tecnologias. O evento aconteceu no dia 25 de agosto, no auditório da EIC, e serviu como ponto de partida para os alunos produzirem seus Podcasts como finalização do fenômeno social estudado nos dois primeiros trimestres do ano.

Além do cumprimento da grade das disciplinas, os estudantes pesquisam e se preparam para falar com propriedade sobre os diversos contextos migratórios, envolvendo, principalmente, os casos de venezuelanos que estão sendo recebidos em Dourados. Entretanto, faltava o conhecimento técnico para a entrega do produto final do trabalho. A especialista, com passagem pelo meio acadêmico do jornalismo local, dividiu com os estudantes seu conhecimento e sinalizou opções para a concretização de produção, roteirização, gravação e finalização dos Podcasts.

Os estudantes interagiram esclarecendo dúvidas e planejando ações. O professor que intermediou o encontro, Aido Domingues, o considerou bastante proveitoso e esclarecedor. “Recentemente gravei um programa de rádio e não tinha noção do quanto difícil é fazer isso. Com os esclarecimentos técnicos prestados, ficará mais fácil de os alunos criarem seus Podcasts”, disse ele. O material produzido deverá ser disponibilizado em plataformas de acesso ao público.

Novo Ensino Médio – A experiência de produzir esse formato de conteúdo está sendo desafiadora e trabalhosa para os estudantes, mas a análise do processo é bem positiva. O sistema de aulas invertidas proporcionado pelo Novo Ensino Médio está mexendo com os estudantes. Eduarda Faleiro Ataíde considera essa “uma experiência muito nova, porque eu não tinha contato com gravação de voz. Foi diferente do que a gente já teve dentro da escola, conseguimos aprender a dominar muitos conteúdos. Essa palestra foi muito útil, mas é um desafio pessoal a gravação, o domínio da fala e do conteúdo que estamos falando”, considera ela.

A estudante Mariane Costa de Carvalho considera o aprofundamento dos conteúdos, mas aponta outros processos de crescimento: “como os professores nos incentivam a produzirmos o conteúdo, aprendemos melhor. Também melhora nossa postura como aluno e futuros universitários, porque já teremos experiência de agora para apresentarmos seminários quando ingressarmos numa universidade. A maioria dos estudantes só aprende a fazer isso quando estão lá, nós estamos aprendendo desde agora”, ressalta.  Nesse aspecto, Eduarda é direta ao considerar que “o Podcast trabalha nossa oratória, os argumentos e solta nossa voz. Ocupamos o papel do professor e, para isso, precisamos dominar muito mais o conteúdo”.

Notícias