Fantasia é usada a serviço da aprendizagem no Berçário

Escola Franciscana Imaculada Conceição
Fantasia é usada a serviço da aprendizagem no Berçário
Simulação de situações de trânsito envolve fantasia e realidade

A linguagem junto aos estudantes do berçário sempre se dá no plano do lúdico e da fantasia. Foi assim que as professoras sensibilizaram seus pequenos alunos para duas questões importantes: o dia da árvore e a Semana Nacional do Trânsito.

Na sala de estimulação foi preparado um cenário com rua e semáforo, onde os bebês brincaram em carros feitos de caixas. Houve, também, atividade de contação de história e música. A Cobra não tem pé foi a obra escolhida, e a interação aconteceu por meio do uso de fantoches de papelão representando a árvore e a cobra.  

Atividade foi desenvolvida de forma lúdica, com objetivo de apresentar as crianças a importância da natureza e do cuidado com as árvores e, ainda, demonstrar que as árvores são essenciais para a sobrevivência humana. “Também estimulamos as crianças a saírem do seu cotidiano e entrar no mundo da imaginação, tendo noção de movimento e parado, dentro e fora, motricidade ampla, locomoção, possibilitando a percepção de cores diferentes, percepção do objeto carro. Com as brincadeiras da semana do trânsito, por meio da ludicidade, desenvolvemos a aprendizagem de forma prazerosa e permitimos que as crianças vivenciem novas experiências e fantasiem o mundo real” destaca a professora Cleiciane de Campos.

Notícias