Diversão e aprendizados garantidos em clima de circo

Escola Franciscana Imaculada Conceição
Diversão e aprendizados garantidos em clima de circo
Foi necessário reinventar as atividades para criar memórias positivas nas crianças

O mundo do circo foi o tema que acrescentou muita diversão nas aulas remotas da Educação Infantil durante a Semana da Criança. Várias atividades foram planejadas, com muito carinho, pela coordenação e professoras, a fim de criar memórias positivas dessa etapa do confinamento para enfrentar o Covid-19.

A professora Amanda Zarpelon, de inglês, desafiou os alunos do Pré I-C a desenharem um palhaço (clown) usando formas geométricas (shapes). No Pré II-C, a professora Natany Garcia promoveu um Bingo das Sílabas, fez danças e brincadeiras e finalizou com o Piquenique.

As crianças do Maternal I Fase II assistiram vídeos escolhidos pela professora Natália Martins, e participaram de brincadeiras, contação de histórias e confecção de brinquedo. Elas ainda desfilaram e mostraram suas fantasias; brincaram com balões (cada criança escolhia uma cor de um balão e a professora estourava). Dentro dos balões haviam brincadeiras como estátua diferente, morto-vivo e desafios em que tinham que buscar algo. A atividade acontecia de acordo com o que o papel, dentro do balão escolhido, pedia. “Além disso, tivemos uma brincadeira de adivinhar, "O que é, o que é?". As crianças escolheram a cor de uma flor e eu perguntava para elas uma adivinha e elas respondiam. Foi um momento muito especial e divertido”, diz a professora.

Os alunos ainda prepararam gelatina e fizeram massinha de modelar. Essa é uma semana muito aguardada pelas crianças e pelos professores da Educação Infantil. Sempre foi repleta de brincadeiras, atividades lúdicas, pintura facial, entre outras atividades. “Durante este ano, não poderia ser diferente, nos refizemos e proporcionamos a nossas crianças momentos de distração, brincadeiras, quando toda a família participou. Pai, mãe, irmãos, todos brincaram e se divertiram, deixando um pouco mais leve esse período de pandemia que estamos vivenciando. Colocar um sorriso e mexer com a imaginação de uma criança é algo incrível”, considera a professora Rafaela Caetano de Paiva Pael, do Maternal II.

Notícias