Adaptação na EI, um processo em andamento

Escola Franciscana Imaculada Conceição
Adaptação na EI, um processo em andamento
Espaços e pessoas na escola: novas vivências fora de casa

Como todo o início de um novo ano letivo, as crianças da Educação Infantil (EI) passaram pelo processo de adaptação escolar na primeira quinzena de aulas. Essa pode ser uma experiência difícil e complexa tanto para os pais, quanto para as crianças, causada pela insegurança, mesmo numa separação por curto período, ou tranquilo para ambas as partes, se conduzido com serenidade.

Segundo a psicóloga Maristela Canisso Valese, às vezes, sãs os pais que acabam sentindo mais falta do convívio, mesmo sabendo que os filhos precisam ser mais independentes. “Esse é um momento de cautela para não passar insegurança para os pequenos. A fase é crucial para as crianças perderem o medo de permanecer na escola e se sentirem seguras para aprender e conviver com os outros”, alerta ela.

Para contribuir para que tudo corra bem, Maristela assinala algumas práticas que os pais podem adotar: confiar e se sentirem seguros em deixar a criança no local para que possam trabalhar com tranquilidade; preparar-se psicologicamente para a separação dos filhos por algumas horas, pois os sentimentos deles podem influenciar muito o comportamento dos pequenos; estimular a criança a se empolgar com o início das aulas, destacando o quanto o uniforme ficou bonito, por exemplo; preparar o momento da despedida, fazendo-a de forma segura e empolgante, dando "tchau" ao filho de forma firme; mostrar quantas oportunidades a escola oferece: novos amigos, brincadeiras, conhecimentos e, claro, aventuras diárias. Também é importante evitar frases que gerem expectativas, como “logo eu venho te buscar”, pois a espera pode fazer com que o tempo pareça ainda mais extenso, além de dificultar o relacionamento com os coleguinhas e professores.

Nova rotina - Na EIC, nesse período os pequenos alunos são estimulados a conhecerem os diferentes ambientes e pessoas, a fim de despertar neles a sensação de pertencimento. Para o retorno das aulas presenciais em 2021, foi preciso uma maior atenção, para que tudo estivesse organizado dentro do protocolo de biossegurança. Neste período inicial, os alunos da Educação Infantil exploram os espaços e os materiais escolares, conhecem as professoras e os novos amigos, assim no início é preciso adaptar um pouco a rotina para atender às necessidades das crianças, em especial as que estão iniciando sua vida escolar e as que são novas na escola.

“A formação da rotina acontece de forma gradativa, cada criança passa por um processo individual, assim é importante respeitar o tempo certo de cada um, para que a adaptação ocorra de forma tranquila e as crianças se sintam seguras para aprender e conviver no ambiente escolar”, destaca a coordenadora da Educação Infantil, Fernanda F. Gabatel Barbosa, comemorando o bom clima já obtido na primeira quinzena de aulas.

Notícias